35 dicas infalíveis para manter o seu carro sempre novo

Se gosta do seu automóvel e é seu desejo vê-lo sempre com uma boa aparência e com um ótimo desempenho, saiba que existem formas de o ajudar a conservar a sua viatura. Conheça as 35 dicas para manter o seu carro sempre novo e faça do seu veículo um modelo para os demais.

Foto reprodução

Na manutenção de um automóvel, existem vários truques e dicas para manter um automóvel sempre novo. São elas:

  1. Seja paciente na condução e adapte-se ao veículo. Para que o automóvel tenha uma boa prestação na estrada, é necessário que o condutor esteja adaptado ao seu veículo e que o seu veículo responda da melhor maneira aos comandos do condutor. Dessa forma, o automobilista deve ser ponderado e paciente na tomada de decisões na estrada.
  2. Conduza com precaução todos os dias. Ao adotar uma condução defensiva, o condutor está a zelar pelo bem-estar do seu automóvel e este agradecer-lhe-á ao não avariar com regularidade.
  3. Compre gasolina em estações de serviço confiáveis. Algumas estações de serviço não têm filtros de bomba, o que faz com que a gasolina seja mais suja. O condutor deve encontrar uma estação de serviço de confiança e manter-se fiel a ela, nem que o preço do combustível seja mais elevado.
  4. Não coloque gasóleo/gasolina quando os tanques de combustível de uma estação de serviço acabam de ser atestados. Ao encher os tanques de combustível de uma estação de serviço, a turbulência gerada pela entrada do combustível faz com que se levantem todo o tipo de sedimentos e estes podem entupir o filtro do combustível e os injetores.
  5. Mantenha a calma quando estiver com o veículo preso. Quando o condutor está preso com o seu carro na lama ou na neve, o ideal será manter a calma e não forçar a parte mecânica do automóvel. Se acelerar em demasia, ou se fizer muitas manobras, o veículo pode afundar-se ainda mais e pode estragar alguma peça do seu automóvel. O ideal, nestas circunstâncias, é balancear suavemente o automóvel de modo a conseguir libertar-se sem qualquer dano.
  6. Alivie o peso do seu porta-chaves e conduza apenas com uma chave na ignição. Não é aconselhável reunir todas as chaves que tem, num único porta-chaves porque todo esse peso danifica a ignição de um automóvel e faz com que esta deixe de funcionar.
  7. Faça médias de consumo com o automóvel. Mantenha um registo no porta-luvas com as médias dos consumos de combustível efetuados. Se verificar que o seu automóvel está a consumir mais do que o suposto, esse poderá ser um indicador que algo não está bem com o veículo.
  8. Proteja o automóvel durante uma longa paragem. Se não vai utilizar o seu carro por mais de um mês deve-o guardar corretamente de modo a prevenir eventuais estragos no seu regresso. O condutor deve assim encher o depósito de combustível, para que o mesmo não ganhe ferrugem no tanque; desligar os cabos da bateria para que esta não fique descarregada; e lavar e encerar o carro para proteger o desgaste do exterior.
  9. Substitua as borrachas de vedação que estão gastas. Se as borrachas de vedação do seu automóvel estão gastas e deixam que a água das chuvas entre no interior do seu veículo, a melhor solução será substituí-las o quanto antes.
  10. Renove os estofos do automóvel. Se os estofos do seu automóvel apresentam uma cor e uma textura já desgastada, a melhor solução passa por renovar o seu visual. Ao mudar os estofos do seu automóvel, está a dar uma vida nova ao interior do veículo.
  11. Proteja a tinta do carro dos raios ultravioletas e estacione o automóvel à sombra. A tinta de um automóvel é a primeira linha de defesa contra as adversidades meteorológicas e protege o veículo do aparecimento da ferrugem. Dessa forma, deve ter muito cuidado com os raios ultravioletas, pois estes desgastam e corroem a tinta de um carro. Sempre que possível, deixe o veículo estacionado à sombra, numa garagem ou parque de estacionamento de forma a evitar a exposição prolongada ao sol.
  12. Retoque as falhas existentes na pintura. Para proteger o seu automóvel deve corrigir e retocar todas as falhas que possam existir na pintura do mesmo. Assim, está a proteger o seu automóvel e está a impedir a oxidação dos metais.
  13. Verifique o fluido dos travões. Deve apurar todos os meses o estado do fluido dos travões, assim saberá de antemão que os travões estão a funcionar a 100%. Deve ter em atenção que o fluido dos travões, ao estar em contacto com o ar, pode absorver a humidade e isso faz com que o fluido perca toda a sua eficácia.
  14. Cuide dos travões anti-bloqueio do veículo. Um sistema de travões anti-bloqueio é sensível à humidade e esta pode arruinar o sistema de ABS e romper as linhas de travões pelo seu interior.
  15. Cubra com fita adesiva os encaixes das lâmpadas partidas. Quando um farol ou uma luz está partida deve-a corrigir no imediato. Caso não consiga, é aconselhável cobrir com fita adesiva os encaixes das lâmpadas partidas, pois assim impede que esse compartimento se encha de água e humidade.
  16. Evite problemas na fixação de uma luz. Ao substituir uma lâmpada de um veículo, deve ter especial atenção se o compartimento está bem limpo antes de instalar a nova lâmpada.
  17. Conserte os arranhões existentes no para-brisas do carro. Quando o automóvel apresenta uma fenda no para-brisa, o condutor deve-o levar imediatamente a uma oficina de reparação de para-brisas. Ao fazê-lo está a impedir a substituição total do para-brisas e com isso estará a poupar muito dinheiro.
  18. Conserte o depósito da água do para-brisas. Com o avançar da idade é normal que o depósito do para-brisas apresente alguma fuga ou que esteja partido. Deve arranjá-lo de modo a nunca comprometer a sua visibilidade durante o ato de conduzir.
  19. Não exceda a capacidade de peso de um veículo. No manual do veículo consta o peso máximo que o veículo pode carregar. Dessa forma, nunca deve exceder a carga máxima recomendada pois assim todas as peças automóveis estarão a sofrer um maior desgaste e a sua substituição será inevitável.
  20.  Mantenha sempre à mão um cobertor velho. Nas situações em que necessita de transportar algum material no teto do seu automóvel (malas, bicicletas, entre outros) é aconselhável que coloque um cobertor entre a carga e a pintura do carro, de modo a evitar o aparecimento de arranhões.
  21. Amarre a carga da forma mais segura possível. Ao transportar uma determinada carga, o condutor deve amarrá-la da forma o mais fixa possível. Assim estará a impedir que a carga balanceie contra o carro e que faça todo o tipo de amolgadelas e arranhões.
  22. Inspecione o estado dos guarda-lamas do veículo. Trata-se de um dos acessórios mais frágeis de um automóvel, no entanto, é também um dos mais importantes porque impede que a água e a lama entrem no motor do automóvel.
  23. Encha o depósito do para-brisas com líquido de lavagem. Ao encher o depósito do para-brisas, deve utilizar apenas líquido de lavagem para ficar com o para-brisas a brilhar. Ao colocar água no depósito de água do para-brisas, a mesma pode congelar durante o inverno e isso não é aconselhável.
  24. Encere o automóvel de forma a proteger a sua pintura. Encerar um automóvel é uma tarefa que exige muito trabalho, contudo, a cera é um material indispensável na proteção da pintura de um carro. A cera permite retardar a oxidação de um veículo e possibilita a formação de uma barreira contra os excrementos dos pássaros e da poluição.
  25. Dê ao carro uma nova pintura. Se verificar que o seu carro está muito desgastado, a melhor solução será pintá-lo de novo. Assim estará a protegê-lo contra a corrosão e estará a zelar pelo seu conforto e bem-estar.
  26. Nunca coloque as suas ferramentas em cima do carro. Se está a planear fazer qualquer tipo de arranjo no seu veículo, não deve colocar as ferramentas em cima deste, pois o risco de arranhar o automóvel é muito elevado. Não arranje uma coisa e estrague outra.
  27. Avalie o estado das mangueiras do veículo. A cada dois meses, um condutor deve levantar o capô do seu veículo e verificar qual o estado das mangueiras do automóvel. Deve fazê-lo quando o carro está frio e desligado. Caso detete alguma mangueira partida, demasiado rija ou a fazer barulhos esquisitos, deve substituí-la imediatamente.
  28. Ligue o ar condicionado no inverno. Para manter o seu ar condicionado em condições para a próxima estação quente, o condutor deve ligá-lo durante o inverno. Assim, o fluido refrigerante estará a circular e vai manter os selos macios e maleáveis.
  29. Verifique a tensão exercida pelos cintos de segurança. Os cintos de segurança devem ser testados regularmente para ver em que estado está a tensão por eles exercida. Quando os cintos estão apertados demais, isso pode conduzir ao desgaste suplementar de outros componentes e acessórios, como o compressor do ar, a bomba de água, a bomba da direção assistida, entre outros.
  30. Tenha em atenção a bateria do carro. Deve verificar regularmente o estado da bateria de modo a aumentar a sua vida útil e evitar que a mesma fique em baixo quando, geralmente, uma pessoa mais precisa. O condutor deve apenas manter a bateria limpa, limpar os parafusos da mesma e ver se está danificada.
  31. Saiba que algumas baterias necessitam de água. Se a sua bateria tem tampas, deve retirá-las para ver em que estado se encontra o nível dos eletrólitos. Se o nível do eletrólito estiver abaixo das placas da bateria, o condutor deve acrescentar água destilada até repor novamente os níveis.
  32. Proteja sempre a bateria de um automóvel. Se, inadvertidamente, desligar o automóvel e deixar as luzes ligadas, a bateria do seu carro vai ficar descarregada. Para que tal não aconteça, o condutor deve ter o máximo de atenção de forma a economizar a vida útil da bateria do seu veículo.
  33. Sele um radiador permeável. Deve proteger o bom funcionamento do radiador do seu carro e, caso necessário, deve selá-lo de modo a impedir que exista alguma fuga ou vazamento.
  34. Verifique a direção do líquido de alimentação. Todos os meses, quando o carro ainda está quente, é necessário ver a direção do líquido de alimentação. Se o nível for baixo, é fundamental inspecionar o estado das mangueiras e das bombas para ver se existe alguma fuga.
  35. Escolha uma boa seguradora automóvel. Por vezes, por mais cuidadoso que um condutor seja, os acidentes são inevitáveis e acontecem. Dessa forma, deve ter um seguro automóvel que cubra as despesas e assuma as suas responsabilidades.

Fonte: Almolgadelas

COMPARTILHAR