Conheça Aline, a bela caminhoneira catarinense que arranca suspiros por onde passa

Aos 28 anos, a caminhoneira Aline Ouriques, de Tubarão, no Sul catarinense, faz sucesso nas redes sociais com a publicação da rotina nas estradas. Em um ramo que costuma ser dominado pelos homens, a jovem soma mais de 56,2 mil seguidores que acompanham imagens do seu cotidiano ao volante de uma carreta pelos estados das regiões Sul e Sudeste fazendo o transporte de grãos.

Formada em administração de empresas, ela aprendeu a dirigir no caminhão do pai, aos 16 anos, e na hora de escolher a profissão, optou pelo que considera uma grande paixão.

Foto reprodução

“Gosto de caminhão desde criança e como minha família trabalhava com isso, resolvi continuar, porque percebi que era melhor tanto em termos de rentabilidade quanto de liberdade. Sou empresária, trabalho para minha empresa”, contou.

Em função dos riscos da profissão, ela toma alguns cuidados na estrada. “Eu viajo só de dia, porque a noite é perigoso. Tem muito bandido, ladrão de caminhão, ladrão de carga, ladrão de cabine. Eu nunca fui assaltada, a região que eu faço é tranquila”, relatou.

Foto reprodução

A jovem, que prefere não revelar o estado civil, se considera protegida quando está no trabalho. “Acho engraçado que caminhoneiro tem fama de safado, mas quando se trata de colega de profissão, são os mais cavalheiros, são como pais”, contou.

Apesar de ter uma cabine de caminhão que considera padrão, sem adereços que poderiam sinalizar que é o espaço de uma mulher, Aline não se descuida da aparência, não abre mão do perfume importado, dos cuidados com as unhas e da hidratação dos cabelos.

Foto reprodução

“Vou à academia quando chego de viagem. Acho que isso é o básico, o resto é ilusão do mercado. Nunca fiz nenhuma intervenção estética, minha aparência é natural”, enfatizou.

Em diversas selfies, ela recebe elogios dos usuários das redes sociais. “Nunca participei de concursos de beleza. Atualizo minhas redes sociais porque as pessoas se interessam pelo fato de eu ser caminhoneira e assim podem acompanhar minha vida como é de verdade”, relatou.

Foto reprodução
Foto reprodução
Foto reprodução
Foto reprodução
Foto reprodução
Foto reprodução
Foto reprodução
Foto reprodução
Foto reprodução
Foto reprodução
COMPARTILHAR