Conheça Sheila Bellaver: A carreteira gaucha domadora de máquinas pesadas

sheila

Rodando o sul e sudeste do país a bordo de um Scania R 420 Highline, Sheila Marchiori (Sheila Bellaver) pode ser considerada uma personalidade das estradas, dentro e fora do trecho. Aos 33 anos, a gaúcha natural de Lagoa Vermelha possui uma legião de fãs nas redes sociais. Ela posta fotos do seu dia a dia transportando carga frigorifica e, embora seja dona de atributos físicos que costumam chamar a atenção, acredita que boa parte dos seus seguidores se interessam pela sua história de vida e pelo caminhão que ela conduz.

10428469_1704730926405290_5327740921277205858_nAjudando o pai na roça, ainda menina, ela acompanhava o ir e vir dos caminhões que transportavam a colheita. “Eu ficava imaginando quantos caminhos aqueles motoristas iam percorrer, quanta coisa iam conhecer e desejava aquilo para mim”. As dificuldades de viver em uma família humilde tornavam o sonho distante, mas ela nunca desistiu e, aos 28 anos, a mãe dos gêmeos Vitor e Vinicius e da caçula Gabriely decidiu que chegara a hora.

“Já tinha a carteira E, aí fiz um curso no Cetronor (Centro de Treinamento de Motoristas da Região Nordeste do Rio Grande do Sul) e fui bater na porta das empresas. Sabia que não seria fácil e ouvi alguns nãos antes de chegar na Transportadora Bellaver, que estava justamente apostando na contratação de uma mulher e me deu essa grande oportunidade”, conta ela, ao confessar que na primeira viagem, para São Paulo, parou para pedir informações mais de 60 vezes durante o trajeto. “No início foi difícil mesmo, mas aos poucos eu fui ganhando experiência, a confiança dos patrões e o respeito dos colegas.”

SheilaMarchiori-6

Trombadinha do Highline

Por onde passa, Sheila é reconhecida. “E tem como um caminhão como esse passar despercebido? ”, pergunta ela, que ganhou o apelido Trombadinha do Highline, e explica: “Todo mundo tem um codinome para falar no rádio comunicador, mas o meu foi dado por um casal de motoristas amigo que me nomeou assim por dizerem que eu devo roubar uns quilômetros nas minhas viagens porque sempre chego no tempo e faço boa média”, conta.

10524335_1705203913024658_3125732621272385554_nSheila não mede esforços nos cuidados com o caminhão. “Nunca faço a unha porque prefiro eu mesma limpá-lo, dar polimento. Meu Scania é impecável, não saio de casa para fazer feio na estrada”. Ela elogia os atributos da marca: “o Scania um caminhão completo, o melhor em conforto, segurança e em média de combustível que é tudo que um motorista quer para trabalhar”. O próximo desejo da motorista já está definido: “Eu quero muito um Scania R 480 cor-de-rosa. Meu patrão já prometeu que vai me dar um e eu não sou de cobrar, mas espero que ele cumpra logo essa promessa. Ele mesmo costuma usar a frase ‘com caminhão Scania na mão e pensamento positivo o sucesso é garantido’”.

Sobre os amigos e fãs que vem conquistando, a motorista diz que não se importa em atrasar a viagem uns minutinhos para conversar com quem a aborda nas paradas e, sempre que possível, responde às mensagens que recebe pela internet. “Estou em um momento muito feliz na vida pessoal e na carreira, mas não deixo de pensar no futuro. Meu noivo também é motorista e esperamos um dia termos a nossa própria frota. Ainda quero ser reconhecida como a rainha do transporte”, finaliza.

Com informações da Scania (Fotos Reprodução Facebook)

COMPARTILHAR