Os 11 carros mais baratos do Brasil (Modelo 2018)

Muitos jovens sonham com o dia de tirar a carta e mais ainda com o primeiro carro, mas para muitos, este é um sonho aparentemente complicado. Os jovens estão no início de suas vidas profissionais e, muitas vezes, não possuem poder de compra elevado. Sofrem por não conseguirem se organizar e começar a construir seu patrimônio.

Claro que existe exceções, mas em muitos casos precisam de um compromisso mais rigoroso ou um empurrãozinho para conseguirem poupar e começar a conquistar seus primeiros bens. Neste momento, os consórcios são um grande aliado. Eles permitem que os jovens consigam comprar seu carro de forma parcelada e dispondo de valores que cabem em seus orçamentos, e é a forma mais vantajosa de compra por parcelas, já que são livres de juros e burocracias.

Neste momento, os veículos com preços mais populares acabam sendo os favoritos. E valor em conta nem sempre querem dizer que o veículo não tenha o design cool que eles esperam ou que necessariamente seja um carro fraco.

Por muitos anos, a lista dos 10 carros zero mais baratos do Brasil não contavam com valores inferiores a R$30 mil. Mas isto parece estar mudando, na linha 2018, um dos veículos pretende chegar as concessionárias com valores a partir de R$25.990. Porém, a diferença entre o 1º colocado e último – R$39.900 –  é de R$13.910.

Criamos uma lista que poderá ajudar você a escolher o seu primeiro veículo. São 11 veículos e os 10 melhores preços do mercado para carros zero e versões 2018.

1 – Chery QQ Smile – começando em R$ 25.990

 

Foto reprodução

O Motor: 1.0 de 3 cilindros – 75 cv
Os itens de série são o rádio com USB, vidros elétricos e computador de bordo. A versão de entrada é a Smile e é vendida por R$25.990, mas vale lembrar que não há ar condicionado. Direção hidráulica, limpador de vidro traseiros e travas elétricas. A versão Look, com adicionais que trazem mais comodidade e conforto está disponível por R$31.290.

2 – Renault Kwid – começando em R$ 29.990

Foto reprodução

O motor: 1.0 de três cilindro – 75 cv
A versão de entrada Life conta com airbags frontais e laterais, Isofix, pronto para instalar rádio, desembaçador do vidro traseiro, ajuste interno dos retrovisores, para-choques na cor do veículo, maçanetas e retrovisores pretos, porta-malas com abertura interna, cintos com ajuste de altura e encostos de cabeça laterais traseiros. Por enquanto não foram anunciados opcionais.

3 – Fiat Mobi Easy – R$ 33.700

Foto reprodução

O Motor: 1.0 de 4 cilindros – 75/73 cv
Os itens de série são calotas, “brake light”, apoios de cabeça traseiros, banco traseiro bipartido e tampa do porta-malas em vidro. Na configuração de entrada, o Moby Easy, vem com motor 1.0 Fire. Faltam o ar-condicionado e direção hidráulica, itens que não estão disponíveis como adicionais. Caso opte por mais conforto e comodidades é necessário migrar para a opção Like, que chega a R$ 40 mil.

4 – Volkswagen Gol Trendline 2 portas – R$ 36.550

Foto reprodução

O Motor: 1.0 de 3 cilindros – 82/75 cv
Os principais itens de série são a direção hidráulica, travas e vidros elétricos. Com a ascensão do UP! o Gol passou a ser o carro de entrada da Volks do Brasil. Na sua versão mais enxuta, a Trendline, há itens de série bastante interessantes, mas a ausência do ar condicionado é um fator marcante. Para ter este conforto, é necessário desembolsar R$ 3.010.

5 – Jac J2 Pack 1 – R$ 36.990

Foto reprodução

O Motor: 1.4 de 4 cilindros – 113 cv
Os itens de série são a direção elétrica e travas elétricas.
Para manter o preço de R$ 36.990 esta versão de entrada só há conta apenas com direção elétrica e volante com regulagem de altura, não estão disponíveis o ar-condicionado, rádio, vidros elétricos, limpador e desembaçador traseiro, estes itens se encontram a partir da versão Pack 2, de R$ 38.990.

6 – Lifan 530 – R$ 37.990

Foto reprodução

Motor: 15 de 4 cilindros – 103 cv
Os itens de série sáo: ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricos, sensor de ré, fixação Isofix e rádio. Mesmo na versão mais básica os itens de série empolgam. Mas o motor 103 cv não favorece em nada o sedã.

7 – Volkswagen Take Up! – R$ 37.990

Foto reprodução

Motor: 1.0 de 3 cilindros – 82/75 cv
Os itens de série são: calotas, banco do motorista com regulagem de altura, suporte para celular, chave canivete, limpador e desembaçador traseiro, apoios para cabeça traseiros e fixação Isofix.
O Up! 2018 teve seu design reformulado, percebemos isto no para-choque, grade dianteira e lanternas. O interior também com melhor acabamento. Mas as mudanças afetaram também os valores. A versão de entrada, Take Up! começa em R$ 37.990. Caro para um modelo que não traz ar-condicionado, direção elétrica, vidros e travas elétricas. Mas é um modelo interessante já que conta com um dos consumos mais baixos de combustível.

8 – Chery Celer Hatch – R$ 38.490

Foto reprodução

Motor: 1.5 de 4 cilindros – 113 cv
Os itens de série incluem ar-condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricos, sensor de ré e rádio.
O espaço interno e lista de equipamentos completa agrada bastante. É até R$10mil mais barato que o concorrente Hyundai HB20 1.6. O modelo brasileiro já teve melhoras comparado a versão chinesa, mas ainda assim peca em alguns detalhes.

9.1 – Jac J3S Pack 1 –  R$ 39.990

 

Foto reprodução

Motor: 1.5 de 4 cilindros – 127 cv
Alguns dos itens de série são: vidros e travas elétricos, ar-condicionado e direção hidráulica.
Faltam as calotas e o rádio. O motor 1.5 de 127cv apresentam um bom desempenho, o espaço interno e acabamento são pontos positivos do modelo.

9.2 – Nissan March 1.0 Conforto – R$ 39.990

Foto reprodução

Motor: 1.0 3 cilindros – 77 cv
Os principais itens de série são: ar-condicionado e direção elétrica.
Este modelo empata em valores com o Jac J3S – um pouco menos de R$40 mil – mas perde nos itens de série e no desempenho.  A vantagem é a desvalorização que é bem menor que o modelo da Jac, além do consumo ser menor.

10 – Kia Picanto – R$ 40.990

Foto reprodução

Motor: 1.0 de 3 cilindros – 80 cv
Os principais itens de série são: ar-condicionado, direção elétrica, vidros e travas elétricos, banco traseiro bipartido, rádio com Bluetooth, volante multifuncional e Isofix.
O Kia Picanto, importado da Coreia do Sul, agrada por ser bem completo pelo desempenho do motor 1.0 de três cilindros. As desvantagens são o espaço interno e de porta-malas, algo comum na proposta dos subcompactos. (Fonte: Embracon)

COMPARTILHAR