Picape Nissan Frontier atinge 811cv após ser equipada com motor do GT-R

PicapeNissanFrontierA Nissan anunciou a picape Titan XD Cabine Dupla 2016 (não confunda com a nossa Frontier, essa picape americana é do porte da Ram), equipada com um motor 5.6 litro V8 a gasolina com preço inicial de US$ 35.290, sem taxas de frete.

Disponível em cinco níveis de acabamento e duas configurações 4×2 e 4×4, o V8 a gasolina é acoplado exclusivamente a uma transmissão automática de sete velocidades.

O motor Endurance entrega 390 cavalos de potência e 55,4 m.kgf de torque. Nada mal se comparado com o Cummins 5,0 litros V8 turbo diesel, que tem 310 cv e 76,7 m.kgf.

Além dos dois motores V8, a Nissan também venderá futuramente um Titan “não XD” com um motor V6 a gasolina, ainda sem data confirmada para ser revelado oficialmente.

Nissan já está vendendo a Titan XD 2016, enquanto a Titan 2017 está prevista para chegar nas concessionárias dos Estados Unidos em breve.

Inicialmente, a Titan 2017 estará disponível apenas com carroceria de Cabine Dupla, mas outras variações de cabine estarão disponíveis ainda neste ano.

Ambas Titans estão sendo exibidas em Nova York, onde a Nissan também mostra o conceito Titan Warrior e o levemente reestilizado GT-R 2017.

A Nissan Navara NP300, (vendida aqui no Brasil como Frontier, mas sendo uma geração atrasada em relação ao modelo americano) acaba de receber um tratamento pela equipe SVM.

Infelizmente só temos uma foto mas sabemos que foi-se embora o biturbo diesel de 2.3 litros original e no lugar dele entrou um poderoso biturbo de 3,8 litros V6 retirado de um Nissan GT-R R35.

Se por um lado a marca acaba de revelar o GT-R 2017 com 565 cavalos de potência, nesta picape modificada o mesmo V6 entrega enormes 800 cv.

E se isso não for o bastante, a SVM diz que pode extrair até 1.500 cv, a mesma potência do Bugatti Chiron!

Do GT-R também vieram a transmissão de seis velocidades com dupla embreagem e o sistema de tração integral.

O único problema para isso tudo é o custo. A modificação começa em US$ 251.840, sem contar o valor da picape antes das mudanças.

Isso chega a ser melhor que o trabalho da própria Nissan no Juke-R, que também usa o motor do GT-R, com “apenas” 600 cv.

Mas dai nos vem a pergunta: Se é pra ter uma Frontier com motor do GT-R com 1.500 cv, porquê não faz logo um GT-R com 1.500 cv?

COMPARTILHAR