Vida de caminhoneira: Conheça a catarinense Rosa Richartz e seu volvo cor de rosa

A caminhoneira Rosa Maria Richartz, de 34 anos, vai percorrer cerca de 2.800 km a bordo de um Volvo FH, o primeiro que saiu da fábrica na cor rosa. Ela deixou a fábrica da WEG, em Jaraguá do Sul (SC) na semana passada, com destino a Alto Floresta, estado de Mato Grosso, transportando a carcaça de um gerador de energia que pesa 60 toneladas.

volvo-fh1-766x575

Rosa Maria é funcionária da empresa Gislon Transportes, de Gaspar (SC) e para chegar ao seu destino deverá demorar cerca de 20 a 30 dias, com escolta contratada junto à Polícia Rodoviária Federal. O que chama a atenção é o perfil da caminhoneira:  jovem, bonita e apaixonada pela boléia de seu Volvo cor rosa entregue na semana passada à transportadora pela Dicave, concessionária Volvo de Itajaí (SC).

Rosa Maria, além de fazer o seu trabalho, vai ajudar a conscientizar as mulheres sobre a necessidade de prevenção do exame de mama. “A intenção é aproveitar a frota para chamar a atenção das pessoas quanto ao aspecto mais importante de nossas vidas, a saúde” Relata Marcelo Gislon, proprietário dessa empresa, que é exemplo por se preocupar om questões de segurança e meio ambiente.
noticia_154

A caminhoneira está estreando neste tipo de transporte, que exige paciência porque a velocidade nas rodovias não pode ultrapassar a 40 km por hora. Esta é a sua primeira viagem sozinha para este tipo de carga, considerada especial e que exige acompanhamento da PRF, pelo peso e grandes dimensões. Mesmo assim, para o empresário Marcelo Gislon, ela é uma excelente profissional e bem representa a força feminina no segmento de transporte. (*Com informações do ricmais)

COMPARTILHAR