10 carros brutais com motores de quatro cilindros e mais de 300 cv

494

Até pouco tempo, ultrapassar a barreira dos 300 cv de potência era um feito ao alcance de poucos carros. Atualmente, qualquer carro realmente esportivo, digno dessa classificação, consegue esse feito. E mesmo aqueles carros que não usam motores de quatro cilindros debaixo do capô…

Os milagres dos turbocompressores, injeção direta e abertura variável das válvulas permitem ao engenheiros retirar quantidades inimagináveis de potência de motores pequenos. O Honda Civic Type R, que recentemente se tornou o carro mais rápido da sua categoria a completar uma volta ao Nürburgring, é apenas um exemplo do que modelos com motores “pequenos” são capazes.

Com tanta tecnologia disponível, já não é preciso utilizar motores V6 ou V8 para conseguir atingir os 300 cv de potência. AUTO&TÉCNICA traz a lista dos 10 modelos mais potentes com motores de quatro cilindros em produção no planeta que romperam a barreira dos 300 cv.

Confira!

1. Mercedes-AMG A45/CLA45/GLA45: 2.0 turbo, 375 cv 
Estes pequenos AMG exibem o mais potente de todos os motores de quatro cilindros. Na sua primeira versão, já  ofereciam 355 cv, valor que cresceu 20 cv quando do recente facelift.

Foto reprodução

2. Volvo S60/V60 Polestar: 2.0 turbo, 367 cv. 
Pintado no azul típico da equipe de competição da marca, as versõees Polestar dos S60 e V60 destacam-se de imediato. Debaixo do capô esconde-se um pequeno motor de 2 litros, capaz de de levar o carro de zero a 100 km/h em apenas 4,4 segundos. Acompanhando essa potência temos amortecedores Öhlins e freios Brembo, para não descuidar da segurança.

Foto reprodução

3. Ford Focus RS: 2.3 turbo, 350 cv 
O novo Ford Focus RS tem uma suspensão absolutamente esportiva, para lidar com os 350 cv guardados dentro dos 2,3 litros do seu motor. O modo Drift de condução é uma experiência inesquecível e promessa de fortes emoções atrás do volante.

Foto reprodução

4. Porsche 718 Cayman S/Boxster S: 2.5 turbo, 350 cv 
Eis o que você precisa saber sobre o novo motor turbo do 718 Cayman S: é 25 cv mais potente que o aspirado que está se despedindo. Continua roncando alto, como um esportivo, e a impressionar pela sua capacidade de aceleração: quatro míseros segundos no 0-100 km/h(com caixa de câmbio PDK). E tudo vindo de um motor de 2,5 litros.

Foto reprodução

5. Honda Civic Type R: 2.0 turbo, 320 cv 
O novo “Rei de Nurburgring” entre os carros de tração dianteira oferece 320 cv, vindos de seu motor VTEC de 2,0 litros. Ainda não está à venda no Primeiro Mundo, mas falta pouco…

Foto reprodução

6. Ford Mustang EcoBoost: 2.3 turbo, 314 cv 
É verdade que o motor EcoBoost do Ford Mustang não é tão impressionante, tanto em potência como em sonoridade quanto o 5.0V8, mas para quem pretende bom equilíbrio entre potência e eficiência energética, o pequeno 2.3 é mais do que suficiente. Que o digam os norte-americanos, onde o sucesso deste motor aposentou o 3.7V6.

Foto reprodução

7. Volvo XC90/S90/V90/V90 Cross Country/Novo XC60: 2.0 turbo, 306 cv 
Não são tão impressionantes (ou potentes) quanto as versões Polestar, mas o motor T6 da Volvo impressiona pela potência que consegue extrair destes pequenos motores de quatro cilindros. Isso quer dizer que o Volvo que está ao seu lado no semáforo pode não ser tão “carro de tiozão” quanto parece…

Foto reprodução

8. Subaru Impreza WRX STi: 2.5 turbo, 305 cv 
De vez em quando disponível no Brasil. O Subaru Impreza WRX STi figura com louvor no nosso Top 10. Na sua nova versão, o motor boxer consegue atingir os 305 cv, muito mais do que os 268 cv da versão WRX “normal”, com motor de 2,0 litros. Além do aumento de potência, o MY 2017 viu a tração integral ser melhorada e recebeu novos freios e rodas de 19 polegadas.

Foto reprodução

9. Porsche 718 Cayman/Boxster: 2.0 turbo, 300 cv 
Os puristas indignaram-se com a notícia de que a Porsche iria equipar seus motores com turbocompressores. Mas com os 300 cv dos modelos “básico” Cayman e Boxster, não haverá grandes motivos para indignações. Afinal, estes novos motores produzem mais torque que os aspirados e os modelos continuam tão emocionantes de acelerar como antes.

Foto reprodução

10. Jaguar F-Type: 2.0 turbo, 300 cv 
A mais recente linha de motores Ingenium da Jaguar marca presença na série F-Type, passando a ser o motor de entrada na “família”. E que entrada. São 300 vindos de um motor de 2,0 litros, com redução de 16% no consumo diante do V6 de 340 cv, antes o mais eficiente da linha.

Foto reprodução

Fonte: Auto&técnica

Quer saber mais sobre carros e acompanhar todas as novidades do Universo Automotivo? Então segue a gente no Google News!

Google News