7 carros brutais vendidos na Argentina que não temos no Brasil

1255

No momento a Argentina é o país que mais consome a produção de exportação dos carros brasileiros, mas que também mais envia seus modelos para cá. Mas nem sempre a balança é igual, como comprova essa lista com dez carros legais vendidos na Argentina, mas que não estão aqui no Brasil.

Toyota GT86

toyota
Toyota GT86

A Toyota cogitou trazer o GT86 para o Brasil, chegando a exibi-lo em diversos eventos e em testes da imprensa. O volume esperado baixo e os custos da importação fizeram com que a marca priorizasse modelos de volume. O GT86 é um dos mais respeitados esportivos modernos baratos, e também um dos mais divertidos.

Ford Ranger Raptor

ranger
Ford Ranger Raptor

Por conta da legislação brasileira, a Ford provavelmente nunca venderá a Ranger Raptor no Brasil. Isso se deve ao fato de que a picape anabolizada não consegue carregar uma tonelada de carga em sua caçamba, a desclassificando a receber motorização diesel, única disponível na versão. Como compensação temos a Ranger Storm.

Volkswagen Amarok V6

amarokv6
Volkswagen Amarok V6

Sim, a Volkswagen Amarok V6 é vendida no Brasil, mas não com o mesmo layout do modelo argentino. Por lá ela já recebeu melhorias em seu motor diesel que agora rende 272 cv e 59,1 kgfm de torque com a funlçao overboost acionada, como padrão o motor rende 272 cv, um belo incremento frente aos 225 cv de hoje.

Honda Pilot

honda
Honda Pilot

Situado acima do CR-V, o Honda Pilot é uma opção de sete lugares mais espaçosa da Honda. Se fosse vendido por aqui, concorreria com modelos como Chevrolet Trailblazer e Toyota SW4, com a vantagem de ter comportamento mais ameno na cidade por ser um SUV monobloco, não derivado de picapes como seus rivais.

Nissan Murano

nissan
Nissan Murano

Presente no Brasil apenas em sua primeira geração, o Nissan Murano sempre impressionou por ser um SUV bonito, elegante e mais luxuoso do que se espera de um Nissan. Concorre diretamente com o Ford Edge lá fora e seria uma interessante proposta de imagem para a marca por aqui, que só tem o Kicks como SUV.

Hyundai Veloster

veloster
Hyundai Veloster

Vendido no Brasil apenas em sua primeira geração, o Hyundai Veloster continua firme e forte lá na Argentina. Totalmente renovado e diferente do que foi apresentado aqui, ele é oferecido por lá na versão esportiva N com motor 2.0 quatro cilindros aspirado de 258 cv, muito mais que o fraco 1.6 que o esportivo de três portas recebia quando era importado para o nosso país.

Peugeot 308

peugeot
Peugeot 308

Por falar em Peugeot, o 308 continua a ser fabricado na Argentina em sua primeira geração, contudo o que interessa aqui é a segunda geração do hatch, chamado por lá de 308 S. O modelo é importado da França, tem estilo esportivo e refinado, além do interior futurista. Uma pena que os hatches médios estão morrendo no Brasil.

Com informações do iCarros