Após 29 anos, Scania 112H com apenas 2681 km rodados é encontrada abandonada

2792

Após 29 anos, um incrível exemplar da lendária Scania 112H foi recentemente descoberto em um galpão abandonado na Argentina. Surpreendentemente, esse veículo clássico tinha apenas 2681 km rodados, o que o tornava uma verdadeira relíquia.

A série 2 da Scania marcou o lançamento das novas cabines, trazendo consigo os primeiros caminhões T 112M, 112H, 142M e 142H. Esses modelos apresentavam um balanço dianteiro e um capô de motor menores em comparação aos 112H e 142H lançados posteriormente, que contavam com intercooler.

A potência dos motores variava entre 333 cv para o motor de 11 litros com intercooler e 305 cv para o motor sem intercooler. Inicialmente, os modelos 112M e 142M, lançados em 1982, compartilhavam o mesmo motor dos modelos 111 e 141, respectivamente. Logo depois, foram introduzidos os modelos 112H e 142H (1982-1986). A Scania só começou a oferecer intercoolers de fábrica em 1985, com o lançamento do 112H, também conhecido como “faixa cinza”.

Para acomodar o capô maior, a Scania optou por substituí-lo por um modelo mais longo feito de fibra. Nesse mesmo ano, o “S” apareceu na frente do capô, indicando a designação “Super advanced”.

No Brasil, em 1987, durante o aniversário de 30 anos da Scania, o “S” foi removido da frente do capô e passou a completar a nomenclatura do modelo, resultando no 112HS (1987-1989). Posteriormente, foi lançado o modelo 112HW (1989-1991), que oferecia duas opções de motores com potências de 310 ou 360 cavalos.

No motor V8 de 14 litros, a potência variava de 375 cavalos (sem intercooler – 142M e primeiros 142H), 388 cavalos (com intercooler – últimos 142H e 142HS) e 411 cavalos (com intercooler – 142HW).

Quando a Série 2 foi lançada, a versão com motor V8 estava disponível na cabine T, nas variantes T142 M, T142 H, T142 HS e T142 HW (4×2, 6×2), bem como nas cabines “R” (antiga LK), incluindo os modelos R142 M, R142 H, R142 HS e R142 HW (4×2, 6×2), R142E, R142ES e R142 EW (6×4). Essa ampla variedade de opções permitia aos motoristas escolherem o veículo que melhor atendesse às suas necessidades e preferências.

Com a redescoberta dessa Scania 112H, preservada em excelente estado de conservação e com uma quilometragem tão baixa, os entusiastas de caminhões clássicos e colecionadores certamente ficarão emocionados em ver essa peça única da história automotiva.

Foto reprodução
Foto reprodução
Foto reprodução
Foto reprodução
Foto reprodução

A Scania 112H desempenhou um papel significativo no mercado de caminhões no Brasil. Lançada em 1982, essa icônica série de caminhões tornou-se muito popular e estabeleceu a reputação da Scania como uma fabricante de veículos pesados confiáveis e potentes.

No Brasil, o modelo 112H foi reconhecido por sua robustez, desempenho e durabilidade. Era amplamente utilizado para diversas aplicações, desde o transporte rodoviário de cargas até serviços pesados em setores como construção e mineração. A capacidade de carga e a potência do motor V8 de 11 litros e, posteriormente, do motor V8 de 14 litros, fizeram da Scania 112H uma opção popular para operadores de transporte de carga de longa distância.

A presença da Scania 112H nas estradas brasileiras era marcante. Seu design imponente e a qualidade de construção eram características que a destacavam. A cabine espaçosa e confortável oferecia um ambiente adequado para o motorista, o que contribuía para uma experiência de condução agradável durante longas jornadas.

Além disso, a Scania 112H era conhecida por sua confiabilidade mecânica. Os motores de alto desempenho, aliados aos sistemas avançados de resfriamento, incluindo os intercoolers introduzidos posteriormente, garantiam um desempenho consistente e uma boa eficiência de combustível.

A Scania 112H também conquistou uma reputação positiva devido à sua capacidade de enfrentar condições adversas nas estradas brasileiras, incluindo terrenos acidentados, subidas íngremes e condições climáticas desafiadoras. A tração robusta e a suspensão eficiente permitiam que esses caminhões enfrentassem com segurança uma ampla variedade de desafios de transporte.

Ao longo dos anos, a Scania 112H passou por algumas evoluções e atualizações, como a adição de intercoolers de fábrica e a introdução de modelos com maior potência. Essas melhorias continuaram a aprimorar o desempenho e a confiabilidade do veículo, mantendo sua popularidade no mercado brasileiro.

Embora a Scania 112H não seja mais fabricada, sua presença ainda pode ser encontrada em muitas frotas de caminhões clássicos no Brasil. Os entusiastas de caminhões antigos apreciam e valorizam esses modelos pela sua história, estilo e desempenho, mantendo viva a memória da lendária Scania 112H no país.

*Com informações da Wikipedia e Aglomerado Digital

Quer saber mais sobre carros e acompanhar todas as novidades do Universo Automotivo? Então segue a gente no Google News!

Google News