Carro de brasileiro apresenta defeito nos EUA e ele recebe R$ 10 mil de recompensa e um Jaguar 0km para rodar até o concerto

Você certamente concorda que todos os países tem seus aspectos positivos e negativos. Somos conhecidos por nosso jeito diferente de lidar com as pessoas, mas nossa política, a quantidade de impostos e tantas outras coisas incomodam. Você já pensou receber um cheque de uma concessionária por um defeito no carro, que depois também foi entregue consertado? No Brasil? Esqueça.

A história que você vai conhecer aconteceu, é claro, nos Estados Unidos, o país em que a liberdade é valorizada e o respeito nas relações comerciais é levado muito a sério. Ah, o país tem seus defeitos, é verdade, mas muita coisa deve nos servir de exemplo. Quem narra a história do cheque é o brasileiro Luis Miranda, hoje um empreendedor muito bem-sucedido na terra do Tio Sam.

O enredo é simples. Luis comprou um Lamborghini que, depois de pouco tempo, apresentou um defeito. Ele recorreu à concessionária onde comprou seu supercarro, que prontamente se colocou a investigar o problema. Para não deixar seu cliente sem carro, a empresa adquiriu um Jaguar zero quilômetro, que colocou à disposição de Luis enquanto realizava o reparo.

Acontece que o problema se mostrou mais complexo e o reparo total levou um total de 30 dias. Um mês. O que aconteceu em seguida foi um exemplo de respeito e cordialidade: Luis recebeu um cheque de 3.000 dólares como parte do pedido de desculpas da concessionária pelo inconveniente de deixar seu cliente sem seu Lamborghini por “tanto tempo”.

Obviamente, trata-se de um carro caríssimo inclusive para os padrões americanos (cerca de $ 400.000,00), portanto o valor do cheque é realmente simbólico. Um Lamborghini parado por um mês por um problema da fabricante não é algo comum, e o grupo fez questão de deixar isso muito claro para Luis. Ele fez o vídeo que você assistirá a seguir e toda a história viralizou. Seja sincero: você esperaria tratamento similar no Brasil?

Fonte: AutoVídeos