E agora Toro? Nova Pickup Volkswagen com motor 2.0 TDI vai chegar para impactar

573

Revelada pela primeira vez no Brasil no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, a picape Volkswagen Tarok que depois foi para Nova York não deve demorar a chegar para acirrar ainda mais a concorrência com Fiat Toro e outras picapes do segmento.

Como já mostramos aqui anteriormente, a picape ainda está sob a forma de conceito, de uma nova picape global da marca. O modelo tem atributos de SUV, tração nas quatro rodas e forte pegada urbana. Com isso, pode brigar com Fiat Toro, Ford Maverick, Chevrolet Montana e Renault Duster Oroch. Mas a grande jogada da picape Volkswagen é a área de carga variável. A cabine dupla tem um painel traseiro, uma espécie de parede divisória, que pode ser rebatido em poucos movimentos, ampliando o espaço para bagagem. Com isso, caçamba e assoalho se integram em uma única superfície plana.

t2
Foto reprodução

Na gama da marca, a Tarok se posiciona abaixo da Amarok. Ela usa a mesma plataforma MQB que também serve de base para a Tiguan Allspace.

De acordo com o Jornalista Leonardo Felix do Mobi Auto, o modelo está previsto para sair do papel apenas daqui a três anos. A picape deve trazer o atual motor 2.0 TDI quatro-cilindros turbodiesel de 180 cv e 42,8 kgfm da Amarok nas versões de topo, a fim de brigar com a Toro 2.0 4×4 MultiJet.

Tal trem de força seria quase 100% extraído da Amarok, incluindo a tração integral 4Motion, o bloqueio de diferencial e o câmbio automático de oito marchas da ZF, com as primeiras velocidades operando como reduzida.

t1 1
Foto reprodução
t3 scaled
Foto reprodução
t4
Foto reprodução
t5 1
Foto reprodução
t6 1
Foto reprodução
t7 1
Foto reprodução
t8
Foto reprodução
t10
Foto reprodução
t11
Foto reprodução
t12
Foto reprodução