Ele faz até 66 km com 1 litro de gasolina; Novo Golf GTE já tem data para chegar ao Brasil

272

Durante a apresentação das tecnologias do Golf GTE, a Volkswagen se limitou a dizer que o esportivo híbrido seria lançado ainda em 2019. Mas basta procurar a novidade pelos concessionários da marca e ter uma data cravada pelos vendedores consultados por nossa reportagem. Todos falam em outubro, mas ninguém quis falar em preços ou sobre reservas das prováveis poucas unidades que serão importadas da Alemanha.

O desempenho não fica tão distante do GTI. Se o hot hatch faz o zero a 100 km/h em 6,6 segundos, o híbrido GTE alcança o mesmo em 7,6 s e chega aos 222 km/h, um pouco distante dos 237 km/h do GTI. Convenhamos, o torque estúpido e instantâneo do motor elétrico deve ser suficiente para jogar o seu corpo contra o banco.

De qualquer forma, esse segundo a mais vai ser compensado no consumo quase abstêmio. Se você pisar muito, talvez a economia não passe de 22 km/l. Porém, ao utilizar o modo elétrico na maior parte do tempo, o mesmo número passa a 66 km/l. Mesmo com um tanque de 40 litros (bem menos que os 51 litros do GTI), a autonomia máxima chega a 970 km.

Com o pacote de equipamentos esperado para o GTE, que inclui painel de instrumentos em TFT e piloto automático adaptativo, entre outros, o Golf GTI custa R$ 166.285. Ou seja, o GTE, que é importado da Alemanha, chegar aos R$ 180 mil não é difícil. Veremos em outubro se os concessionários estiverem certos.

vw golf gte brasil 1
Foto reprodução
vw golf gte brasil 2
Foto reprodução
vw golf gte brasil 3
Foto reprodução
vw golf gte brasil 4
Foto reprodução
vw golf gte brasil 5
Foto reprodução
vw golf gte brasil
Foto reprodução

Via Motor1