Empresário mantém bela coleção de Fiat Marea na garagem

193

Produzido pela Fiat e comercializado em nível mundial na (Itália, França, Inglaterra, Portugal, Alemanha, Turquia, Polônia, Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai, Chile, entre outros) entre 1996 e 2007, o Marea acabou gerando muita polêmica no Brasil.

Feito sobre a plataforma FIAT C1, sendo considerado veículo de porte médio no mercado brasileiro e pequeno na Europa, a família Marea foi composta por 4 modelos, e diferem basicamente pela seção traseira (parte posterior) da carroceria e também compartilhando powertrains (motores/transmissões) de acordo com as versões e ano de fabricação.

Apesar de carregar uma fama um tanto negativa, o controverso carro ainda possui uma legião de apaixonados, um deles é o empresário e engenheiro mecânico Luiz Carlos Jeronymo Jr, ele gosta tanto do carro que mantém 3 unidades em sua garagem. São três Fiat Marea Turbo 1999, 2000 e 2003, sendo que os exemplares são todos na versão perua.

Em entrevista ao José Antônio Leme do Blog na Garagem, Luiz Carlos Jeronymo Jr. reforçou seu ponto de vista dizendo que o brasileiro gosta de carro, mas não gosta de cuidar de carro. “Ele gosta de ter o carro para mostrar para um amigo, para ostentar para o vizinho, mas não cuida direito”. Luiz Carlos diz que sempre reforça aos amigos ou conhecidos que vem pedir dica sobre carros, não só sobre o Marea: “carro de rico vai ter sempre manutenção de rico, mesmo que o carro já não custe mais caro”.

Ainda na entrevista ao Na garagem, Luiz Carlos destacou que as três Marea Turbo Weekend que ele tem na garagem atendem por Original, Forjada e Mil Milhas. O motivo fica evidente e denunciam o que cada uma tem. Em comum que todas foram transformadas para rodar com etanol ao invés de gasolina.

m1
Foto: Acervo Pessoal
m2
Foto: Acervo Pessoal
m3
Foto: Acervo Pessoal
m4
Foto: Acervo Pessoal
m5
Foto: Acervo Pessoal
m6
Foto: Acervo Pessoal
m7
Foto: Acervo Pessoal