Moto com R$ 2 milhões em multas é apreendida em Porto Alegre

173

Uma moto com registros de 457 multas, que somadas, chegam a cerca de R$ 2 milhões, foi apreendida durante uma blitz da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) na Avenida Farrapos, em Porto Alegre, no início do ano. O condutor foi liberado.

De acordo com o órgão municipal, a moto com placas de Alvorada está registrada no nome de uma microempresa. Por isso, um condutor precisa ser apresentado a cada multa. Como isso não aconteceu, uma nova autuação foi gerada para praticamente todas as infrações.

e2d27fcf 8c75 44e4 a9c8 e742f339bc8a
Foto reprodução

O valor muda conforme a reincidência. Por isso, no caso da moto, chegou a R$ 1.928.290,17. O total das 457 multas, porém, não abrange outras irregularidades encontradas na abordagem: documentação atrasada, condução sem habilitação, recusa ao bafômetro e um problema constatado na placa.

De acordo com o gerente de fiscalização de trânsito da EPTC, Paulo Ramires, a ocorrência se encaixa no perfil que mais se envolve nos acidentes com mortes: homens de 25 a 40 anos, sem habilitação e que conduzem alcoolizados ou em alta velocidade.