Os 7 piores carros para se comprar

Na hora de comprar um carro é preciso estar atento a todas as suas qualidades, mas somente isso não basta. Alguns modelos devem ser evitados, mas por quê?

Muita gente acha que é somente o valor do veículo que deve ser considerado, porém, questões como peças para reposição e mecânica difícil podem ser os principais problemas.

Então, se estiver comprando um carro de um particular ou até mesmo de um leilão, que pareça um ótimo negócio, certifique-se antes.

Através de uma pesquisa em alguns sites especializados em avaliação de carros, como Segredo dos Estacionamentos, Avalia Carros e Só Falo a Verdade, fizemos uma análise completa para levar ao consumidor uma lista dos piores carros para comprar. Veja a lista abaixo.

Linea – Fiat

Apesar de o carro ser muito bom, o câmbio dele é muito ruim. Além disso, o concerto desse item tem um alto custo.

Foto reprodução

Antigo Fiesta Sedan – Ford

O carro é muito ruim de revender, não possui comércio. Além disso, ele apresenta muitos problemas mecânicos e elétricos, passando bastante tempo no mecânico.

Foto reprodução

Sonata – Hyundai

O carro é lindo, porém, desvaloriza demais. Se quiser comprar um desse é preciso comprar por um valor muito baixo, pois na hora de revender ele se desvaloriza rápido.

Sem falar que é difícil encontrar um comprador, pois, o perfil de quem tem um carro desses é ter sempre um zero quilômetro.

Foto reprodução

Symbol – Renaut

O carro não tem uma estética que chama a atenção e, por isso, é encontrado por um valor barato.

Ele tem um boa mecânica e, para usar no dia a dia, garante uma boa dirigibilidade, porém, para revender não há mercado.

A procura por ele é bastante baixa e não fez sucesso, tanto que só foi comercializado por dois anos.

Foto reprodução

C4 Picasso – Citroen

O modelo novo tem um valor altíssimo, porém, a revenda dele acaba tendo um valor extremamente baixo. A desvalorização, em poucos anos, chega a ser de até 60%.

As peças, por serem francesas, também não são encontradas com facilidade, deixando a manutenção dele muito cara.

Foto reprodução

Hoggar – Peugeot

A questão dele está relacionada apenas a revenda porque o carro é bom. Mas, na hora de revender, dificilmente se consegue atingir o valor de tabela, já que não há procura pelo modelo.

Hoggar – Peugeot

A3 – Audi

A versão com motor 1.6 não tem muita potência e não garante rendimento do carro. Já o motor 1.8 turbo, se der problema, para arrumar será preciso desembolsar um valor que corresponde ao total do carro.

Foto reprodução

A comercialização dele também é ruim e não existe procura pelo modelo.

Agora que sabe de todas essas informações, vai ficar mais atento a quais modelos devem ser evitados na hora de comprar um carro. Isso vai te ajudar a economizar e evitar problemas mecânicos.

Vale lembrar que isso não significa que algumas unidades não sejam boas, pois isso é apenas opinião de alguns sites especializados em avaliação de carros.

Você tem algum desses modelos e acha que são bons? Compartilhe sua opinião e ajude quem precisa comprar um carro.