Lanterneiro transforma fusca em “limousine” avaliada em R$ 50 mil

O sonho do lanterneiro José Lúcio Fazollo começou depois de ver um filme, e ele não sossegou até realizar: ter a própria limousine. Morador de Castelo, no Sul do Espírito Santo, ele mesmo tratou de reformar um fusca que comprou baratinho, e que agora chama atenção pelas ruas da pequena cidade.

O trabalho demorou três anos para ficar pronto. Seu Lúcio, como é conhecido, comprou um fusca ano 1974 por R$ 2,8 mil e depois de estudar muito como poderia fazer a transformação, começou os trabalhos.

Ele disse que ter a profissão de lanterneiro o ajudou muito, mas mesmo assim, seu Lúcio levou três anos para deixar o fusca do jeito que ele queria.

Foto reprodução

“Eu cortei o carro no meio e aumentei o meio em 1 metro e 25 centímetros. Eu sempre tive o sonho de um carro diferente, uma limousine, um carro grande, mas queria que eu mesmo fizesse o carro, contou.

Mas essa história deu até briga na família. “Uma vez deu uma briga feita entre eu e minha esposa e eu falei com ela ‘não me mande escolher, porque eu vou escolher o fusca’. Ela andou só uma vez e não quer andar mais”, contou seu Lúcio.

Foto reprodução

Amarelo e chamativo, o fusquinha de R$ 2,8 mil foi transformado em uma “limousine” que hoje é avaliada em mais de R$ 50 mil. Seu Lúcio contou que já recebeu ofertas, mas não quer saber de vender.

Seu Lúcio até já arrumou um jeito de fazer uma graninha extra com ele. “As pessoas me chamam para fazer eventos, como aniversários e casamentos. Eu acho que o que atrai é que elas querem andar em um carro diferente”, disse.

Foto reprodução
Foto reprodução
Foto reprodução
Foto reprodução
Foto reprodução
Foto reprodução
COMPARTILHAR