13 momentos marcantes de “Velozes e Furiosos”

693

Dezesseis anos após o lançamento de “Velozes e Furiosos”, chegou ao cinema o oitavo filme da franquia. O longa estreou no Brasil na quinta-feira, 13 de abril, e é o primeiro sem o personagem de Paul Walker, Brian O’Conner. Fizemos uma retrospectiva com os 13 melhores momentos dos sete primeiros filmes.

Foto: Universal
Foto: Universal

PRIMEIRA CORRIDA (VELOZES E FURIOSOS, 2001)
A primeira corrida entre Dominic Toretto (Vin Diesel) e Brian O’Conner (Paul Walker) é o momento que prende a atenção dos expectadores no primeiro filme. Ali, já ficam claros alguns temas que serão explorados não apenas no longa, mas em toda a trama, como a predileção de Dom por carros americanos e a de Brian, por japoneses, além da impossibilidade do personagem de Walker vencer o de Diesel em uma corrida de rua, algo que vai durar por muitos e muitos capítulos

Foto: Bob Marshak/Reuters/Universal Studios

BRIAN E MIA
Na volta para casa, após o primeiro encontro com Brian, Mia (Jordana Brewster) mostra que não é apenas a frágil e doce irmã de Toretto. Ela impressiona o futturo marido com suas habilidades ao volante.

Foto: Universal

NASCE UMA AMIZADE
Após a primeira corrida entre Dom e Brian, a polícia chega, e todo mundo foge. Toretto fica para trás, e Brian volta para ajudá-lo. Após uma noite tumultuada, ele aparece na oficina do personagem de Diesel com um Toyota Supra sucateado: “Esta aqui o seu carro de dez segundos”, diz ao rei das corridas de rua. Ali, começava a nascer a amizade que é o ponto central da trama.

Foto: Universal

CHARGER X SUPRA
No desfecho do primeiro filme, há uma bela corrida entre Dom, com o Dodge Charger que chega a empinar, e Brian, com o ex-Toyota Supra sucateado que, enfim, virou o “carro de dez segundos”


FOTO Antonio Alvendia/DIVULGACAO

O DRIFT DE SEAN (DESAFIO EM TÓQUIO, 2006)
O ponto alto do primeiro filme, que não tem a turma de Toretto (embora o personagem apareça no final), é o momento em que Boswell (Lucas Black) aprende a fazer drift

Foto: Universal

A VOLTA DA TURMA (VELOZES E FURIOSOS 4, 2009)
Depois de dois filmes sem Toretto, Letty e Mia (do segundo, participou apenas o Brian de Paul Walker e no terceiro, o elenco é totalmente diferente), os personagens estão de volta. O o enredo volta a Los Angeles, depois de passar por Miami (segundo filme) e Tóquio (terceiro), mas há também cenas no México.

Foto: Universal

DOM X BRIAN
A primeira corrida entre Dom e Brian em “Velozes e Furiosos 4”, nas ruas de Los Angeles, tem um pouco de rivalidade entre eles. Porém, esse clima logo vai passar e os dois voltarão às boas.

Foto: Universal

BRIAN, ENFIM, VENCE TORETTO
A corrida com carros de polícia nas ruas do Rio é a primeira em que Brian vence Dom. A comemoração eufórica, porém, é logo substituída por total frustração. Os outros amigos envolvidos na prova acabam contando que Toretto deixou O’Conner ganhar, tirando o pé no final. Foi como um presente de Dom a Brian, por o ex-tira ser o pai de seu sobrinho, já que Mia está grávida.

Foto: Universal

ESTÃO TODOS RICOS
Tej (Ludacris) abre um cofre que foi alvo de um complicado roubo no Rio de Janeiro e a cara de satisfação é geral: estão todos ricos.

Foto: Universal

DOM DESCOBRE QUE LETTY ESTÁ VIVA (VELOZES E FURIOSOS 6, 2013)
O oficial do FBI Luke Hobbs procura Toretto em seu retiro na Espanha para contar que Letty (Michelle Rodriguez), o amor da vida do protagonista, está viva e trabalha para uma quadrilha em Londres. De quebra, pede a ajuda de Dom e seus amigos para tentar desmantelar essa quadrilha, chefiada por Shawn (Luke Evans)

Foto: Universal

KOENIGSEGG
Todo convencido, Roman (Tyrese Gibson) chega à oficina de Tej com um Koenigsegg CCXR, raríssimo, que, segundo seu dono, foi comprado de um bilionário árabe e é o único do mundo ocidental. Mas a decepção não tarda a chegar: Tej também tem um CCXR. Idêntico até na cor.

Foto: Universal

ROMAN AMARELOU (VELOZES E FURIOSOS 7, 2015)
Roman é o personagem mais cômico da franquia. Quando a equipe de Toretto decide saltar de carro de um avião para cumprir uma missão no Oriente Médio, o amigo de Brian “amarela” totalmente. Ele se recusa a saltar, mas de nada adianta. Os outros integrantes da equipe liberam seu carro no ar, e ele desce gritando e dizendo todo tipo de impropério aos amigos.

Foto: Universal

O VOO DO LYKAN
O ponto alto do sétimo filme é o momento em que o Lykan HyperSport, após diversas peripécias, salta do Etihad Towers, em Abu Dabi – comandado por Toretto e com O’Conner no banco do carona.

Foto: Universal

A DESPEDIDA
A cena final de “Velozes 7” é de arrancar lágrimas até dos olhos dos mais insensíveis. Na despedida de Paul Walker, morto em 2013, da franquia, ele e Toretto se encontram em uma estrada e dirigem juntos ao som de “See you again”, de Wiz Khalifa.

Quer saber mais sobre carros e acompanhar todas as novidades do Universo Automotivo? Então segue a gente no Google News!

Google News