“Acabou o amor?” 4 carros que despencaram nas vendas em 2019

Entre os 20 carros mais vendidos do Brasil, a picape Fiat Toro é o modelo que mais se deu mal no primeiro bimestre de 2019. Mas não é só ela que está nessa lista.

Também perderam posições consideráveis no ranking outros três campeões de vendas: Volkswagen Gol, Toyota Corolla e Hyundai Creta.

Os quatro carros viram seus rivais avançarem de maneira perigosa nos dois primeiros meses do ano.

Fiat Toro perdeu mais
Desse grupo, a Fiat Toro perdeu mais posições. Na comparação com 2018, foram seis. Em excelente desempenho, a picape foi o 11º modelo mais vendido do ano passado.

No primeiro bimestre de 2019, no entanto, a Fiat Toro ficou bem próxima de deixar a lista dos dez mais vendidos. Foi a 19ª colocada.

Foto reprodução

A principal rival direta da Fiat Toro no ranking de vendas é a Duster Oroch. O modelo da Renault, porém, não registrou grande avanço. Foi da 52ª posição do ranking em 2018 para a 51ª no primeiro bimestre de 2019.

No entanto, a Hilux, que na versão flexível não tem preços tão diferentes dos da Fiat Toro (a partir de R$ 112 mil para a Toyota e de R$ 107 mil para o modelo menor) avançou bastante. Suas vendas já estão próximas das do modelo da marca italiana.

No primeiro bimestre de 2019, foram vendidos 7.394 exemplares da Fiat Toro e 6.139 da Toyota Hilux.

Gol e Corolla
Os dois modelos perderam cinco posições no ranking de vendas. O da Volkswagen foi da quarta colocação em 2018 para a nona no primeiro bimestre deste ano. O da Toyota caiu da 11ª para a 16ª.

No caso do Gol, entre os hatches compactos o único que cresceu bastante foi o Fiat Argo. Porém, sua rivalidade mais direta é com outro Volkswagen, o Polo.

Foto reprodução

Já o Corolla pode estar sofrendo por causa de três fatores. Um deles é o avanço do Jetta. O outro é a chegada da nova geração, ainda neste ano. Isso costuma levar potenciais clientes a esperar. Além disso, a Toyota já pode estar diminuindo a produção do modelo atual.

Foto reprodução/CarrosDUB

E cada vez mais o segmento de sedãs médios perde espaço para o de SUVs.

Creta
O SUV compacto da Hyundai foi uma das surpresas de 2018. Ele cresceu bastante no fim do ano e conseguiu o posto de mais vendido do seu segmento.

Neste ano, porém, o Creta caiu para a quarta posição entre os SUVs compactos. Está atrás do líder Renegade, do vice HR-V e do Kicks. O Compass também está à frente do Hyundai, mas é de um segmento superior (SUVs médios).

Foto reprodução

O crescimento do Renegade, que também começou no fim do ano passado, pode estar diretamente relacionado a esta queda. O Creta faz bastante sucesso junto ao público PCD. O Jeep, por sua vez, vem crescendo justamente entre esse público – cerca de 40% desde que foi reestilizado, no segundo semestre de 2018.

A favor do Creta há o fato de que, nos primeiros meses do ano passado, ele também foi mal. Só no segundo semestre o Hyundai conseguiu avançar.

Confira o TOP 20:

1 – CHEVROLET ONIX – 18.392 UNIDADES, 2 – HYUNDAI HB20 – 8.055 UNIDADES, 3 – FORD KA – 7.633 UNIDADES, 4 – FIAT ARGO – 6.674 UNIDADES, 5 – FIAT STRADA – 6.553 UNIDADES, 6 – CHEVROLET PRISMA – 6.499 UNIDADES, 7 – RENAULT KWID – 5.473 UNIDADES, 8 – FIAT MOBI – 4.885 UNIDADES, 9 – VOLKSWAGEN POLO – 4.813 UNIDADES, 10 – JEEP RENEGADE – 4.706 UNIDADES, 11 – VOLKSWAGEN GOL – 4.565 UNIDADES, 12 – JEEP COMPASS – 4.371 UNIDADES, 13 – HONDA HR-V – 4.256 UNIDADES, 14 – NISSAN KICKS – 4.137 UNIDADES, 15 – HYUNDAI CRETA – 3.984 UNIDADES, 16 – VOLKSWAGEN FOX – 3.795 UNIDADES, 17 – RENAULT SANDERO – 3.604 UNIDADES, 18 – FIAT TORO – 3.361 UNIDADES, 19 – TOYOTA COROLLA – 3.359 UNIDADES, 20 – VOLKSWAGEN VIRTUS – 3.106 UNIDADES.

Fonte: Mundo Fixa (Com informações do Jornal do Carro)