Carro elétrico nacional é apresentado, mas traseira diferente deixa a desejar

54
No final de novembro, foi apresentado em Maringá, no norte do Paraná, o modelo de negócios da primeira montadora nacional de carro elétrico e que pretende abrir loja na cidade. Durante a rodada de negócios promovida pela Software by Maringá, um protótipo do carro elétrico Wee, da montadora Kers, ficou disponível para o público conferir de perto o veículo sustentável.
O diretor da empresa Kers, Carlos Motta, explicou que o objetivo é desenvolver um veículo para solucionar os problemas da mobilidade urbana.
“Queremos incentivar as pessoas a deixarem os automóveis poluentes nas garagens. Este carro projeta uma alternativa para se pensar nas reduções de impactos e a preservação do meio ambiente com a neutralização da emissão de carbono na atmosfera”, disse.
Com o conceito de energia circular, o modelo de negócios prevê remanufatura e reciclagem do veículo e componentes. O projeto paranaense foi viabilizado pela Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná (Seti), Unioeste e Instituto Inbramol, envolvendo pesquisa de mestres e doutores da área da engenharia mecânica e recursos para finalização e automação do veículo.
Enquadrado como veículo elétrico urbano semiautônomo para duas pessoas, o carro elétrico Wee pode ser fabricado com custo até 60% menor que o do concorrente importado mais barato. Além disso, promete redução de até 80% com os gastos de combustíveis e manutenção, além de ser um carro sem ruídos e emissão de gases.
O projeto é inovador e a ideia é excepcional, porém o modelo com apenas três rodas e uma traseira um pouco diferente não gerou muita empolgação, porém nada que pequenos ajustes não possa resolver.
Segundo a Kers, o preço final do Wee pode ficar na casa dos R$ 95.000. Atualmente, o carro elétrico mais barato à venda no Brasil é o JAC e-JS1, que custa a partir de R$ 159.900.
O que você achou do primeiro carro elétrico nacional?
el1
Foto reprodução
el2
Foto reprodução
el3
Foto reprodução
el5
Foto reprodução
el6
Foto: Mileny Melo PMM