Conheça o brutal Ford Verona com 1 milhão de quilômetros rodados

Professor universitário registrou todos os gastos que teve com seu Ford desde 1992 até maio deste ano, quando o carro completou a incrível quilometragem.

O professor universitário Creso Peixoto, do Centro Universitário FEI, de São Paulo, registrou todos os gastos que teve com seu Verona desde o momento de sua compra, em 1992, até o dia 27 de maio de 2019, quando o carro completou 1 milhão de quilômetros rodados. Entre os dados registrados estão custos com combustível, manutenção — preventiva, corretiva e preditiva, impostos, estacionamentos e pedágios.

Foto reprodução

Peixoto adquiriu o Verona GLX 1990 com 23.433 quilômetros rodados. E a não ser em casos de atendimentos de emergência, o carro foi levado sempre na mesma oficina. E cada centavo gasto ia sendo registrado em uma planilha eletrônica. Todos os valores foram convertidos em dólares.

Ao longo desses 27 anos o Ford rodou sem descanso, já que o professor trabalha em três universidades, o que o obriga a viajar diariamente.

O custo total ficou em US$ 141.964,27, com média de US$ 0,14 por quilômetro rodado. O objetivo da pesquisa foi saber se os custos de manutenção aumentam à medida em que o carro vai envelhecendo e ficando mais rodado. (MaxiCar)