Formigão: Conheça a “diferente” picape brasileira lançada nos anos 70

293

Com o lançamento do moderno Tesla Cybertruck em 2019, uma antiga picape brasileira dos anos 70 acabou recuperando os seus dias de gloria, batizada em 1978 como “Formigão” e chamada carinhosamente de “Cavalo de Ferro” a picape tinha alguns traços bem parecidos com o Cybetruck de Elon Musk.

O “Formigão” foi feito pelo carioca Paulo Sérgio Renha que resolveu entrar para o ramo de projetista de carros, de acordo com o site LexiCar Brasil, ele concebeu alguns modelos para a Emis, projetou o chassi do buggy Terral e o esportivo Dimo, ambos para a Fibrario, desenvolveu o Jornada para a NBM e participou da construção do kart de seis rodas, inspirado no Tyrrell Fórmula I de 1976, exposto no stand da Norma Escapamentos no X Salão do Automóvel.

formigao
Foto: www.essevaleumafoto.com/

Em 1977 Paulo criou sua própria montadora – Renha Indústria e Comércio de Veículos Ltda. Em 1978 a “Renha” lançou a picape Formigão, montada sobre plataforma VW 1600 sem alterações mecânicas, construído em fibra de vidro, tinha original dianteira em cunha, com linhas retas, para-brisa e superfícies planos e vistosos para-choques de fibra na cor preta, o dianteiro englobando grade falsa e faróis retangulares do Fiat 147 e, o traseiro, a placa de matrícula e as lanternas da Variant.

renha3
Foto: Acervo/Quatro Rodas

A caçamba, que dispunha de tampa traseira, tinha capacidade para 650 kg (ou 724 litros, até a borda); sua plataforma de carga, no entanto, não era plana, já que e Renha não pôde utilizar motores “planos” (da Variant), pois a Volkswagen alegou não fornecê-los para terceiros. Atrás dos bancos (equipados com cintos de segurança de três pontos) ficavam bateria, estepe e um espaço para objetos.

renha4
Acervo/Quatro Rodas
fo1
Foto reprodução: Acervo/Quatro Rodas

O carro podia ser fornecido em versão Luxo, quando ganhava rodas de liga, pneus radiais, bancos de couro reclináveis, volante esportivo e conta-giros. Como opcionais, havia estrado de madeira e cobertura de lona para a caçamba, engate para trailer e motor de ventoinha baixa (adquirido a preço de mercado junto à rede de concessionárias).

renha1c
Fábrica da Reninha no Rio de janeiro: Fonte: Paulo Roberto Steindoff / O Globo

Paulo Renha manteve sua empresa até 1980. Quanto ao Formigão, foi relançado em 1986 pela Coyote, tendo suas matrizes e direitos de fabricação sucessivamente transferidos para CBP e Menon, que não chegou a retomar a produção. Em 1986 Paulo Renha criou o estaleiro Real Power Boats, em Queimados (RJ), passando a se dedicar à indústria naval.

renha2a
Foto reprodução

Com informações de João F Scharinger / LexiCar Brasil