Os 10 melhores carros esportivos nacionais de todos os tempos

3364

Muitos carros esportivos nacionais fizeram história, porém é natural que as listas gerem polêmicas, pois nem sempre todos concordam com as escolhas. No entanto, decidimos dar uma contribuição à discussão e listar os melhores carros esportivos já fabricados no Brasil.

Para integrar essa lista, os veículos precisaram satisfazer alguns critérios, como ter apenas duas portas (cupês) e serem ícones do automobilismo nacional.

A seguir, apresentamos os modelos selecionados, acompanhados de fotos, informações técnicas e justificativas para a escolha.

1. Uirapuru

Uirapuru / Foto reprodução
Uirapuru / Foto reprodução Facebook

Este veículo é um cupê de alta cilindrada e desempenho excepcional, considerado um marco na incipiente indústria automotiva brasileira. Conhecido também como Brasinca 4200 GT, é composto por chapas de aço. O carro é equipado com um motor Chevrolet da linha de caminhões, com 4.273 cm³ e 155 cv, além de um câmbio manual de três marchas com ré.

Este carro esportivo está presente na nossa lista por ser o primeiro veículo nacional de duas portas com potência superior a 100 cv, totalmente desenvolvido no Brasil.

2. Charger RT

Charger RT / Foto reprodução
Charger RT / Foto reprodução Facebook

O veículo em questão é a versão esportiva do Dodge, lançada um ano após o início das vendas do modelo de quatro portas. Equipado com um motor V8 de 318 polegadas cúbicas, ou 5.212 cm³, o carro oferece uma potência de 205 hp.

Este modelo é considerado um sonho de consumo dos anos 70, mas acabou perdendo popularidade com a crise do petróleo. No entanto, o Charger R/T entrou para a lista dos melhores carros esportivos nacionais por ser o primeiro com motor V8 de alto desempenho.

3. Puma

Puma / Foto reprodução
Puma / Foto reprodução Puma Classic

O carro em questão, inicialmente chamado de Malzoni e equipado com motor DKW, foi modificado para a produção em massa e recebeu o nome de Puma. O veículo é fabricado com fibra de vidro e utiliza um motor Volkswagen 1500. O design do carro, que se assemelha ao Lamborghini Miura, chama a atenção. Os primeiros Pumas, equipados com dupla carburação, eram capazes de atingir 150 km/h, enquanto o motor a ar produzia 60 cv.

O Puma está entre os melhores carros esportivos nacionais por ser o primeiro carro fora de série a ter uma produção considerável no Brasil. Além disso, o design atraente do veículo convida o motorista a acelerar, apesar do motor a ar não ter um desempenho excepcional, apesar do baixo peso do carro.

4. Puma GTB

Puma GTB / Foto reprodução Renato Bellote
Puma GTB / Foto reprodução Renato Bellote

O carro em questão, assim como o seu irmão menor, é feito de fibra de vidro e conta com um potente motor de seis cilindros emprestado do Opala. Este modelo é conhecido como GTB.

O GTB entrou para a lista dos melhores carros esportivos nacionais por ter preenchido a lacuna deixada pela proibição de importações de veículos no Brasil, após o seu lançamento em 1979. Com o fim iminente da produção da Chrysler no país, o GTB compartilhava com o Opala o título de esportivo nacional mais potente.

5. Gol GTI

Gol GTI / Foto reprodução Facebook
Gol GTI / Foto reprodução Facebook

O carro em questão é o Gol GTI, equipado com o motor AP 2000 e uma potência de 120 cavalos. Lançado em 1989, apenas 2 mil unidades foram produzidas, tornando-se um item exclusivo e de colecionador.

O Gol GTI está entre os melhores carros esportivos nacionais por ser o primeiro veículo brasileiro a possuir injeção eletrônica de combustível. Este avanço tecnológico permitiu um melhor desempenho do motor e uma maior economia de combustível, elevando o GTI a um patamar de destaque entre os esportivos nacionais.

6. Escort XR3 Conversível

Escort XR3 Conversível / Crédito: Felipe Rau/Estadão
Escort XR3 Conversível / Crédito: Felipe Rau/Estadão

O carro em questão é um modelo de linhas esportivas, mas que apresenta um motor com desempenho modesto – um motor 1.6 litros com apenas 82 cavalos, que permitia uma aceleração de 0 a 100 km/h em 13,95 segundos e uma velocidade máxima de 162 km/h.

Apesar das limitações do motor, o modelo é considerado um dos melhores carros esportivos nacionais por ser o primeiro conversível original de fábrica após o fim da produção do Karmann Ghia conversível. Ainda que os modelos de estreia sejam difíceis de encontrar em bom estado, a procura por esses veículos é grande, o que tem elevado consideravelmente os preços de exemplares conservados.

7. Interlagos

Willys Interlagos / Foto reprodução Gasolina na Veia
Willys Interlagos / Foto reprodução Gasolina na Veia

O carro: O Willys Interlagos foi lançado em 1953 e produzido até 1963, sendo baseado no modelo francês Renault Alpine. Com um design “kart” e baixo peso, o carro compensava o motor anêmico de 845 cm3 a 998 cm3, entregando de 32 cv a 70 cv (na versão mais potente, a berlineta).

Por que está na lista? Além de ter sido o primeiro esportivo nacional, o Interlagos também foi o primeiro modelo conversível fabricado em território brasileiro. Seu estilo esportivo e desempenho satisfatório o tornaram um ícone da indústria automobilística nacional.

8. Maverick GT

Ford Maverick GT 302 1975 / Foto: Pastore Car Collection
Ford Maverick GT 302 1975 / Foto: Pastore Car Collection

O carro: O Ford Maverick GT foi lançado em 1973 e dividia com o Charger R/T as atenções dos jovens fascinados por carros com motor V8 da década de 70. Equipado com motor 302, entregava 197 cavalos de potência.

Por que está na lista? Além de ser um ícone dos anos 70, o Maverick GT foi o primeiro modelo nacional com motor V8 a ser produzido em série. Atualmente, é uma peça de colecionador e exemplares em excepcional estado de conservação podem chegar a preços acima de R$ 150 mil.

9. Volkswagen SP2

Volkswagen SP2 / Foto Reprodução: Hemmings
Volkswagen SP2 / Foto Reprodução: Hemmings

O carro: Em junho de 1972, o VW SP2 saiu das pranchetas e tornou-se realidade. Com um belo design que ainda chama a atenção, o carro sofria com a falta de potência do motor – 75 cv, que levavam o veículo de 0 a 100 km/h em cerca de 13 segundos.

Por que está na lista? Foi o primeiro carro nacional totalmente projetado no Brasil. Se um esportivo tem que ser baixo, o SP2 é um dos campeões nacionais na categoria, com apenas 1150 mm de altura. Além disso, o painel é um show à parte, completíssimo para a época. Até hoje, é considerado um ícone do design automotivo brasileiro.

10. Uno Turbo

Fiat Uno Turbo / Foto: Bring a Trailer
Fiat Uno Turbo / Foto: Bring a Trailer

O Fiat Uno Turbo 1.4 IE é um modelo de carro fabricado pela Fiat, lançado em 1985 e produzido até 1994. Ele se tornou um ícone entre os entusiastas de carros esportivos e de alta performance devido ao seu motor turboalimentado de 1.4 litros, que era capaz de produzir até 118 cavalos de potência.

O Fiat Uno Turbo apresentava um design esportivo, com rodas de liga leve exclusivas, pára-choques dianteiro e traseiro distintos, além de saias laterais e um spoiler traseiro para melhorar a aerodinâmica. O interior também tinha elementos exclusivos, como bancos esportivos com apoios laterais mais largos e um volante esportivo.

Além do seu motor potente, o Fiat Uno Turbo também apresentava uma suspensão ajustada para melhorar a dirigibilidade e a estabilidade em altas velocidades. Ele era capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em menos de 8 segundos, alcançando uma velocidade máxima de cerca de 200 km/h.

O Fiat Uno Turbo também foi o primeiro carro turbinado produzido em série no Brasil, o que o torna um modelo de grande importância histórica para a indústria automotiva do país. Mesmo depois de décadas de seu lançamento, ainda é lembrado como um dos carros mais icônicos da marca Fiat e um dos melhores carros esportivos das décadas de 80 e 90.

Quer saber mais sobre carros e acompanhar todas as novidades do Universo Automotivo? Então segue a gente no Google News!

Google News