Antiga VW Kombi é transformada em “Motorhome dos sonhos”

5

O que acontece quando você combina duas Volkswagen Kombi de 1962? A resposta é um trailer diferente de qualquer outro que em breve estará disponível em leilão. Surpreendentemente, ele está registrado e legal para uso nas estradas britânicas e é muito mais descolado do que qualquer outra caravana ou motorhome por aí.

Foram feitas mudanças abrangentes nos dois veículos para transformá-los em um trailer. O da frente funciona como o veículo de reboque e teve sua cabine cortada ao meio, essencialmente transformando-o em uma caminhonete de duas portas com o motor na caçamba. A segunda Kombi serve como o espaço de vida e teve sua frente original removida e a base cortada para que se conectasse de maneira ordenada ao veículo de reboque.

VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic
VW Kombi Motorhome / Foto reprodução / Car & Classic

O construtor também equipou o VW da frente com um motor cinco cilindros de 2,5 litros de um Audi S3, que está acoplado a uma transmissão automática.

A Car & Classic está vendendo essa criação e observa que o espaço de vida é grande o suficiente para acomodar uma grande cama de casal cercada por armários de madeira para guardar itens. Um grande frigorífico também está incluído, bem como um teto que pode ser elevado para melhorar o espaço interior. A cabine do veículo de reboque está bem equipada e inclui o volante e os pedais originais. Há também uma alavanca de câmbio no estilo Hurts para a transmissão automática e um banco recém-revestido e painéis de porta.

O vendedor observa que a carroceria dos dois VW Kombi está em boas condições, com pintura excelente e sem sinais óbvios de arranhões, amassados ou outros danos. Não foi oferecida uma estimativa pré-leilão para a venda, mas espera-se que alcance um valor considerável.

VW Kombi

A Volkswagen Kombi, também conhecida como VW Type 2 ou Transporter, é um dos veículos mais icônicos e duradouros da história automobilística. Sua história remonta à década de 1940, quando foi concebida pelo engenheiro holandês Ben Pon, que teve a ideia de criar um veículo comercial baseado no chassi e na mecânica do Volkswagen Beetle (Fusca).

A primeira geração da Kombi, conhecida como T1, foi introduzida em 1950. Ela apresentava um design simples e funcional, com um corpo de van que podia acomodar até nove passageiros. A Kombi T1 rapidamente ganhou popularidade em todo o mundo devido à sua versatilidade e confiabilidade. Era usada para uma variedade de finalidades, desde transporte de carga até transporte de famílias em viagens de acampamento.

A Kombi passou por várias atualizações ao longo dos anos, com novas gerações sendo introduzidas, como a T2, T3 e assim por diante. Cada geração trouxe melhorias em termos de desempenho, segurança e conforto, mas a essência do veículo permaneceu a mesma: um veículo utilitário prático e acessível.

Além da versão de passageiros, a Kombi também foi fabricada em versões de carga e como chassi para transformações personalizadas, como campistas e ambulâncias.

A Kombi tornou-se um ícone da cultura popular em todo o mundo e desempenhou papéis importantes em movimentos culturais, como o movimento hippie nos anos 60 e 70. Sua capacidade de ser personalizada e adaptada a diferentes necessidades a tornou uma escolha popular para pessoas que buscavam aventuras na estrada.

A produção da Kombi continuou por décadas, mas em 2013, a Volkswagen anunciou que estava encerrando a fabricação do modelo no Brasil, que era um dos últimos lugares do mundo onde ainda era produzido em larga escala. Isso marcou o fim de uma era para o veículo.

No entanto, a Kombi continua a ser amada por entusiastas e colecionadores de veículos clássicos em todo o mundo, e seu legado perdura. A simplicidade, durabilidade e versatilidade da Kombi a transformaram em um ícone da história automobilística e um símbolo de liberdade e aventura.

Quer saber mais sobre carros e acompanhar todas as novidades do Universo Automotivo? Então segue a gente no Google News!

Google News