Dono manteve Corvette 0km trancado em garagem por 47 anos

1288

Nos últimos meses, temos compartilhado histórias de carros que permaneceram abandonados por décadas. No entanto, em muitos casos, os motivos por trás desses abandonos são misteriosos ou relacionados a disputas familiares e questões de herança. Há alguns anos, nos Estados Unidos, chamou a atenção um caso de um Chevrolet Corvette que ficou trancado em uma garagem por impressionantes 45 anos, e o motivo por trás desse abandono é notavelmente claro.

Este Corvette foi adquirido novo em 1972 por Jim Kevan, então com 22 anos de idade. Naquela época, Jim foi a uma concessionária da marca com a intenção de comprar um Corvette ZR1, mas acabou sendo persuadido pelo proprietário da loja a optar pela versão mais acessível. O vendedor argumentou que o ZR1, devido à sua potência impressionante, poderia representar um risco significativo.

Jim adquiriu o carro por US$ 6.200 naquela época (o equivalente a cerca de US$ 36 mil nos dias de hoje). No entanto, ele ficou surpreso com o alto valor do seguro obrigatório, que totalizava US$ 1.200 por ano. Essa quantia substancial tornou-se um obstáculo para Jim, levando-o a nunca contratar o seguro e, como resultado, a evitar dirigir o carro a fim de minimizar os riscos.

Apresentamos abaixo imagens desse incrível Corvette de Jim Kevan, que acumulou meros 1.550 quilômetros rodados ao longo de sua existência.

Chevrolet Corvette / FOTO: JIM KEVAN
Chevrolet Corvette / FOTO: JIM KEVAN
Chevrolet Corvette / FOTO: JIM KEVAN
Chevrolet Corvette / FOTO: JIM KEVAN

Chevrolet Corvette

A história do Chevrolet Corvette é fascinante e representa um ícone da indústria automobilística americana, com uma longa trajetória que se estende por mais de sete décadas. Aqui está um resumo das principais etapas da história deste lendário carro esportivo:

Primeira Geração (1953-1962)

O Corvette nasceu em 1953 como um carro esportivo de duas portas conversível. A primeira geração foi marcada por seu design atraente, mas inicialmente carecia de desempenho esportivo. O Corvette era equipado com um motor de seis cilindros e uma transmissão automática. No entanto, em 1955, foi introduzido o motor V8, que melhorou significativamente o desempenho.

Segunda Geração (1963-1967)

O Corvette C2, conhecido como “Sting Ray,” é considerado por muitos como um dos modelos mais icônicos da história do Corvette. Apresentava um design elegante com linhas distintas e um desempenho melhorado. Durante esta época, surgiram várias versões de alto desempenho, incluindo o lendário Corvette Z06.

Terceira Geração (1968-1982)

O Corvette C3 manteve o design aerodinâmico e trouxe atualizações significativas em termos de tecnologia e desempenho. Em 1970, o icônico modelo LT-1 foi introduzido, oferecendo um motor V8 de alto desempenho.

Quarta Geração (1984-1996)

Após um hiato de um ano em 1983, o Corvette retornou com a quarta geração, que apresentou um chassi modernizado e um design mais arrojado. Durante essa época, o Corvette também viu a introdução do motor L98 e o lendário ZR-1, que era equipado com um motor V8 de 375 cavalos de potência.

Quinta Geração (1997-2004)

O Corvette C5 marcou um grande avanço em termos de desempenho e tecnologia. Apresentava um chassi rígido de alumínio e um motor LS1 V8 que produzia até 405 cavalos de potência na versão Z06.

Sexta Geração (2005-2013)

O Corvette C6 manteve o motor V8, mas com melhorias contínuas de desempenho e design. O ZR1 da sexta geração foi notável por seu motor LS9 supercharged que produzia 638 cavalos de potência.

Sétima Geração (2014-2019)

O Corvette C7 foi uma evolução significativa, apresentando um design mais moderno e aerodinâmico, além de um chassi de alumínio. O Z06 da sétima geração era equipado com um motor LT4 supercharged, produzindo 650 cavalos de potência.

Oitava Geração (2020-presente)

A geração atual do Corvette, conhecida como C8, marcou uma mudança radical ao posicionar o motor na parte traseira central, um feito inédito na história do Corvette. Isso resultou em um desempenho excepcional e um carro esportivo mais acessível em comparação com os supercarros tradicionais.

O Chevrolet Corvette continua a ser um símbolo do desempenho americano e da paixão por carros esportivos. Sua história é repleta de inovações, design marcante e um legado de desempenho impressionante que cativa entusiastas automobilísticos em todo o mundo.

 

2