Incrível coleção de 200 carros antigos abandonados foi a leilão no Recife

1054

Imagine que inesperadamente de um dia para o outro, uma loja de seminovos resolvesse vender carros, digamos, um “pouco” mais antigos que o permitam levar o rótulo de seminovos. Um história parecida aconteceu no Recife. Um empresário vendeu cerca de 200 automóveis abandonados em um galpão. A diversa lista de modelos leva nomes de peso como um Ômega australiano, uma Ford F1000 e até veículo zero-quilômetro.

O grande motivo por trás da venda em massa é o aluguel do prédio onde os veículos ficavam armazenados. De acordo com o site Carro Arretado, o empresário atuou durante muito tempo no mercado automotivo e, portanto, reuniu uma coleção que atravessa gerações.

Na raríssima coleção era possível encontrar uma série de veículos de luxo como um Chevrolet Ômega da série Fittipaldi que traz motor 3.6 V6 de 292 cv e vinha importado da Austrália. O sedã foi arrematado por R$ 33 mil.

Além do Ômega, o galpão reúnia diversos Mercedes, um BMW 328i, um antigo Camaro e um Audi conversível.

Até o momento, o modelo mais barato vendido foi um Ford Del Rey, que foi oferecido por R$ 3.500. Um Ford F1000, aparentemente da segunda geração brasileira, foi vendida por R$ 32 mil. O colecionador e empresário disponibilizou também veículos zero-quilômetro, só que produzidos há alguns anos. Um Celta 2005, ainda com os bancos cobertos por plásticos, saiu do galpão por R$ 16.500.

Você pode alguns dos modelos você pode conferir aqui.

Confira abaixo algumas imagens das preciosidades.

f4 1
Foto reprodução
f1
Foto reprodução
f2
Foto reprodução
f3
Foto reprodução
f5
Foto reprodução
f6
Foto reprodução
f7
Foto reprodução

As informações são do Jornal do Carro e do site Carro Arretado